28 de fev de 2011

Dezenas de ciclistas atropelados escapam vivos

 Um carro passou pelo meio de ciclistas durante a realização de uma manifestação em Porto Alegre, atingindo pelo menos 20 pessoas que, por sorte, não sofreram fatalmente.

O incidente aconteceu na sexta-feira na Cidade Baixa, quando os ciclistas na cidade faziam parte de seu protesto mensal contra o número de carros nas estradas do Brasil. Destes feridos, nove tiveram tratamento hospitalar necessário, contudo, todos foram liberados mais tarde.

O motorista, de 47 anos de idade, Ricardo Neis, alega que ele e seu filho de 15 anos sentiram-se ameaçados quando os manifestantes começaram a bater e chutar seu carro, alegando que o ato foi "em legítima defesa". Confira o vídeo:


O Ministério Público Estadual pediu na noite desta segunda-feira a prisão preventiva do culpado, informando que "Ele tem multas por dirigir na contramão, em cima da calçada e outras infrações graves. Precisa ser preso, pois não há justificativa para o que fez", conforme disse Eugênio Amorim, promotor de justiça.

O bancário garantiu que não teve a intenção de atropelar os ciclistas, mas tentou fugir depois que um grupo começou a bater no seu carro. Questionado se tomaria a mesma atitude novamente, ele afirmou que "nem teria saído de casa".

Indignados com a afirmação do motorista e com a brutalidade do fato, milhares de usuários do twitter protestaram com a hashtag "#naofoiacidente", chegando ao ponto de ir aos Trending Topics (ou TT's). Confira, em tempo real, a atualização dessa tag:

0 comentários:

Postar um comentário

Links Ociosos

Colmeia Exchange

Compartilhe

Twitter Facebook Google+ LinkedIn RSS Feed Email Favoritos Mais...

Receba notícias por e-mail

Digite seu e-mail: